26 novembro 2012

Mad Men: O apartamento de Don Draper




Alguém aí é fã da série Mad Men? Para quem nunca assistiu, o seriado retrata a vida, prazeres e dissabores de um grupo de publicitários que vivem em Nova Iorque, as intrigas e alegrias da agência Sterling Cooper. O protagonista, o galã bem-sucedido porém cheio de problemas pessoais, Don Draper, mora em um apartamento luxuoso, enorme e de decoração super moderna e descolada para a época (a série se passa nos anos 1960).






Perfeito para ilustrar a tendência 60´s que está em alta no momento, o apartamento de Don foi idealizado pela decoradora de sets Claudette Dibul. Ela quis gerar um ambiente de vanguarda, conectado com as últimas tendências da época, então garimpou peças originais em brechós e pela internet, combinadas com outras que foram fabricadas pela equipe da série. Bastante colorido, com mobiliário modernista e espaço fluido, é um belo exemplo e ótima inspiração para quem quer apostar no design de interiores vintage. Eu a-d-o-r-o!  =) 
Quem gostou e quer ver mais detalhes, é só assistir a série, a partir da 5ª temporada!










16 novembro 2012

Brad Pitt lança linha de mobiliário





Que Brad Pitt é um aficcionado por arquitetura não é mais novidade. Amigo íntimo de Frank Gehry e admirador de Frank Lloyd Wright, Brad resolveu se aventurar pelo mundo do design de móveis.
O ator acaba de lançar a sua coleção, em parceria com o designer Frank Pollaro.
A linha inclui camas, cadeiras e mesas, e executadas em vidro, madeira ou metal, tiveram como inspiração a estética Art Decò, e também a obra de Wright.
Gostaram???









15 novembro 2012

Le Corbusier em cores






Muito interessantes essas fotos que só recentemente foram divulgadas, de Le Corbusier.
São de autoria de Willy Rizzo, e geralmente retratado em preto e branco, o arquiteto ganhou uma nova expressão com as imagens coloridas.
As fotos mostram Corbusier em suas obras de pintura e arquitetura, e durante o trabalho. 
Estarão em exposição até 20 de dezembro, na Maison La Roche, Paris.
Maravilhosas imagens!









14 novembro 2012

Marceneiro ou loja de planejados: dicas de como escolher







É verdade que na hora de mobiliar o apartamento ou casa, quase todos passam pelo dilema: mando fazer no marceneiro, ou compro na loja de modulados?
Esse post pretende esclarecer algumas dúvidas ... Vamos mostrar alguns prós e contras de cada um, e a decisão final, fica por sua conta! ;)


Marceneiro:

Prós:
-O acabamento no marceneiro muitas vezes é melhor que o da loja, pois é um trabalho mais "artesanal";
-Você pode ter como referência trabalhos realizados por ele na casa de outras pessoas, para ver se está bem-feito;
-A negociação de valores e a conversa é mais flexível;
-Pode sair mais barato que comprar na loja;
-Você terá mais flexibilidade para escolher tamanhos e acabamentos, detalhes especiais, cores, etc.

Contras:
-O marceneiro geralmente não fornece certificado de garantia, cabendo a relação de confiança fazer esse papel - se o móvel estragar, apele para a boa vontade dele. (você pode escrever um contrato antes e pedir para ele assinar e registrar em cartório, é uma boa opção para evitar surpresas)
-Nem sempre ele pode cumprir os prazos, deixando você na mão; (a ideia acima do contrato também vale aqui);
-Você terá que levar o projeto já desenhado por um arquiteto ou designer de interiores, correndo o risco de "bolar" tudo sozinha com o marceneiro e no final não ficar legal.

Lojas:

Prós:
-A loja conta com profissionais especializados que podem te guiar na hora do projeto dos móveis;
-As lojas fornecem garantia de alguns anos, então você pode requerer reparos caso estrague antes do tempo;
-Você pode ser mais rígido (a) na cobrança dos prazos de entrega e montagem, pois tem direitos como consumidor;
-É possível visualizar em showroom e catálogos o resultado final.

Contras:
-O preço é geralmente mais salgado;
-O acabamento pode não ser tão caprichoso quanto o do marceneiro;
-A durabilidade pode não ser tão alta;
-A loja não é tão flexível quanto a tamanhos e modulações, pois geralmente as dimensões já são pré-estabelecidas, ficando limitado detalhes adicionais.

A decisão final depende de cada caso e situação, às vezes uma é mais adequada que a outra, então cabe ao cliente pesar prós e contras na sua escolha! ;)



13 novembro 2012

Museu do Holocausto - Los Angeles





Projetado por Belzberg Architects, o Museu do Holocausto de Los Angeles (LAMOTH) se destaca pelo seu trabalho com a topografia. Os arquitetos aproveitaram um parque adjacente ao museu, para integra-lo à paisagem. Ele emerge como uma estrutura de concreto, cheia de curvas que dialogam com o solo, onde tetos-jardim são ponto focal, realizando uma suave transição entre quem caminha no parque e adentra o museu.O edifício recebeu certificado pela sua sustentabilidade.










12 novembro 2012

Ecole Maternalle Pajol - Paris






Muito linda a Escola Maternal Pajol, em Paris. O projeto, do escritório Palatre & Lecrère, aproveitou um edifício dos anos 1940, cuja estrutura original e algumas superfícies de tijolos aparentes foram preservadas. Na intervenção, os arquitetos adicionaram os elementos de cor, como a intensa pintura da fachada, e o mobiliário lúdico e divertido é apropriado para as crianças
Um sonho estudar nesse local! =)








LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...